3 de fev de 2009

Dos laços da alma...

E da arte do desencontro. O mesmo sobrenome, são dois, eram pra ser um, mas são dois, separados por si mesmos...

Apenas dois.
Dois seres...
Dois objetos patéticos.
Cursos Paralelos
Frente a frente...
Pensar talvez:
"Paralelos que se encontram no infinito...".
No entanto sós por enquanto.
Eternamente dois apenas.

(Pablo Neruda)