6 de jun de 2010

Da proximidade da chegada


Aff... dá um medo, uma ansiedade, uma alegria, uma insegurança, um tudo ao mesmo tempo. Cheguei aos meus 7 meses de gestação e a proximidade da chegada do Pedro tem me tirado o sono. Dúvidas mil, insegurança... Já começo a pensar o quanto vou sentir saudades de estar grávida, do meu pequeno aqui dentro, mexendo... Pensar que ele vai crescer, virar um homem, casar, seguir sua vida... Hoje em dia admiro muito minha mãe ao lembrar da teoria dela (que ela mesma custava a aceitar mas disfarçava bem) nós não criamos os filhos pra gente, mas para o mundo. E em seguida lembro da minha tia contando o quanto ela chorou quando casei e saí de casa. Entre artigos, sites, textos e livros sobre parto, episiotomia, maternidade, gestação e preocupada se o enxoval está mesmo atendendo às necessidades do Pedro me pego com um sorriso bobo na cara de quem espera pra abrir o pacote de um grande presente.